domingo, 23 de janeiro de 2011

O que fazer diante da adversidade?


Devido a sua complexidade, Jó é um dos livros da Bíblia mais difíceis de entender.
Um homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desviava do mal, de repente tem seu caráter
provado por Deus de uma forma até cruel aos nossos olhos.
Quando enfrentamos dificuldades, consideramo-nos como Jó e questionamos Deus:
Por quê? Para que? Será que  mereço ser tão castigado?
Buscamos ajuda dos amigos, ou os amigos nos procuram com a melhor das intenções para nos
ajudar.
Quantas vezes não nos identificamos com Jó quando um amigo que parecia conhecer-nos tão profundamente expressa uma opinião totalmente oposta á nossa realidade.
Eu também não fico atrás e já agi como os amigos de Jó sem me colocar no lugar da pessoa.
Simplesmente expressei o que eu achava e julguei mal a situação. E ao invés de ajudar, desanimei a pessoa.
Ai, tentamos consertar, mais parece que fica pior.
O leitor deve se perguntar: Como proceder diante de uma situação que foge totalmente ao nosso entendimento, em que queremos ajudar e não sabemos como?
Às vezes o silêncio, um abraço carinhoso, a frase "eu amo você em Jesus" valem mais do que inúmeras
palavras vazias jogadas ao vento.
A Deus cabe a solução, a nós cabe a oração de súplica por misericórdia e graça.
Essa talvez seja a menor das responsabilidades, porém não haverá nunca a culpa por falta de ação.
Podemos não entender, até mesmo não ajudar, porém interceder demonstra a nossa submissão àquilo
que Deus permite que aconteça em nossa vida e na vida daqueles que nos cercam.
Além de tudo podemos também ter a experiência da atuação de Deus sobre a situação.


Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e era este homem íntegro, reto e temente a Deus e desviava-se do mal.(Jó 1:1)

Designer: ♥♥neusa http://neusatemplates.blogspot.com.br//